Blog / SAÚDE E BEM ESTAR

COMO ASSIM VEGETARIANA?

Como assim vegetariana?


Faz um tempo que a Gé me convidou para escrever um pouco sobre o vegetarianismo. Como faz parte da minha rotina buscar informações e muitas vezes esclarecer algumas dúvidas das pessoas sobre o assunto, listei aqui 5 fatos/porquês/questionamentos que envolvem a polêmica vida de uma vegetariana. Lembrando que não sou profissional, é apenas um relato da minha experiência.

1 – Vegatrianismo x Veganismo

Quem segue uma dieta vegetariana tem que saber a diferença entre vegetarianismo e veganismo, porque as pessoas confundem bastante. Depois de ler alguns artigos eu aprendi as definições.  Então, vamos lá! Na dieta vegetariana não há consumo de carne, mas em alguns casos há consumo de ovos, leites e derivados.

Existem 4 definições para vegetarianos:

Ovolactovegetarianos – consomem ovo, leite e derivados.

Ovovegetarianos – consomem ovos.

Lactovegetarianos – consomem leite e derivados.

Vegetarianos estritos – não consomem nada de origem animal.

Já as pessoas que aderem o veganismo, mais conhecidas como veganas, além de seguirem uma alimentação vegetariana estrita, não consomem e não utilizam produtos de origem animal, ou que são testados em animais (roupas de couro, produtos de higiene, produtos de limpeza...). O principal objetivo é lutar contra a exploração e maltrato de todos os animais.

2 – “MAS TU COME O QUÊ? E A PROTEÍNA? E A VITAMINA B12”

Todo vegetariano escuta essa pergunta muitas vezes. Como é cultural o consumo de carne, a maioria das pessoas não imagina uma dieta sem absolutamente NADA de carne, nem peixe haha. Faz pouco tempo que me tornei vegetariana estrita, pois optei por me adaptar aos poucos, definindo alguns intervalos de tempo para retirar os “alimentos” de origem animal da minha dieta. Desde então, escuto muito essa pergunta. A minha alimentação é muito variada, consumo grande variedade de frutas, legumes, hortaliças, cereais e oleaginosas. Quase sempre rola uns pratos bem elaborados e variados. Claro que é muito importante um acompanhamento com um profissional, que vai estabelecer uma dieta equilibrada para suprir as necessidades diárias de nutrientes e vitaminas, mas isso inclui todos os tipos de dieta.

3 – “Por quê tu decidiu ser vegetariana?”

 Eu não me tornei vegetariana por modismo, e também não foi especialmente por amor aos animais. Eu me tornei vegetariana para reduzir o impacto negativo que causo diariamente ao meio ambiente, pois a pecuária extensiva é o principal fator responsável pelo desmatamento e pelo agravo da poluição de solos, águas e atmosfera. Todos esses fatores contribuem para o desequilíbrio de ecossistemas, aumento das variações climáticas (famigerado Aquecimento Global) e uso excessivo de recursos naturais (água potável). Mas com o tempo, passei a sentir empatia pelos animais e senti a vida mais leve quando passei a respeitar e amar esses seres especiais.

 

4 – “Mas tu não sente falta de comer carne?”

Não !!! Eu já seguia uma alimentação saudável, evitava consumir “alimentos” processados, com altos teores de sódio e açúcar, e priorizava sempre os integrais, verduras, frutas... Isso contribui durante a transição para o vegetarianismo, desde então não consigo ver carne como um alimento, e posso dizer que AMO viver de plantas, sementes e grãos. A única dificuldade é que não são todos os lugares  que oferecem opções, mas a culinária vegetariana está se espalhando e estão surgindo muitas ideias legais pelo Brasil e pelo mundo. Thanks God!!!!

5 - Vegetarianos não pensam que são melhores que outras pessoas!!

Muitas pessoas acreditam que os vegetarianos se sintam superiores pelo fato de não consumirem carne, mas não é verdade. Vegetarianismo é um estilo de vida muito legal, mas o fato é que não é a dieta que define caráter. Para mim, ser vegetariana foi uma escolha que eu fiz por mim, pela minha saúde e pelo planeta, foi a maneira que eu encontrei de fazer o bem. Mas temos muitas pessoas incríveis espalhadas pelo mundo, que não são necessariamente vegetarianas.

E o meu conselho para aqueles que pensam em se tornar vegetarianos? Tentem começar aos poucos, adotem a #segundasemcarne, tenham a mente aberta e paciência durante o processo, com vocês e com os outros. E não esqueçam que o nosso corpo é o nosso templo, e a nossa alimentação pode ser a cura ou a doença.

E para quem quer inspiração tem alguns @ maravilhosos no Instagram (@laurinhamt, @veganapratica, @theveggievoice, @mandalacozinha), e também vários filmes e documentário na Netflix, e eu recomendo “Cowspiracy: O segredo da sustentabilidade” – Kip Andersen, Keegan Kuhn, “What the health” – Kip Andersen, Keegan Kuhn e por fim “Okja” – Joon-Ho Bong. 

Tem 21 anos, é estudante de Engenharia Ambiental e Sanitária, "cozinheira", amante da natureza, sonhadora, filha da lua e vegetariana.



"Todos os nossos conteúdos do site Géssica Carneiro são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa dos criadores do site, mesmo citando a fonte."


Compartilhe: