Blog / VIAGEM E TURISMO

TAILÂNDIA

Tailândia


Como tentar definir a Tailândia?

Um lugar único, com belezas naturais avassaladoras, cultura exuberante e toques pitorescos que só quem vai para conseguir notar e sentir. Minha viagem iniciou-se a partir de um desejo de conhecer algum país da Ásia, não necessariamente a Tailândia, e por conta de uma promoção de passagem aérea fui me aventurar.

O roteiro montado inicia-se com uma passagem de dois dias pela capital Bangkok, pois o destino a qual eu estava interessado era Phuket, onde partiria em passeios diários para ilhas próximas, como Maya Bay a Famosa Ilha do James Bond, onde foram gravadas cenas do filme “O amanhã nunca morre” e por onde passou Leonardo Di Caprio no filme A Praia.

Para quem não tem um paladar apurado em frutos do mar como eu, passa um pouco de dificuldades na Tailândia, mas no geral não fiquei sem oportunidade de provar as comidas locais, com cautela claro. (Risos)

Algumas fotos como a primeira casa de massagem (segundo o guia local) e um Buda deitado de 46m, foram alguns dos locais que me chamaram a atenção.

O trânsito em horários de pico lembra São Paulo, muito intenso principalmente do trajeto do aeroporto ao centro (cerca de 1 hora de carro) muito cansativo.

Ao chegar no aeroporto de Bangkok é preciso passar primeiro pelo setor de prevenção, onde se preenche um formulário e eles te colocam um negócio na testa que dizem alertar caso você tenha febre amarela. Depois na imigração é rápido e ao chegar no saguão antes de ir para as vans (sim praticamente todo mundo deve alugar, pois estacionam dezenas iguais e o transporte para quem nunca foi é caótico) ficam quiosques com chips de celular com planos 4G. Paguei R$ 30,00 por um chip com 6GB de internet por 7 dias. (Suficiente para ficar conectado todos os 6 dias de minha viagem). A comunicação se você não falar inglês e não tiver noção de espanhol ficará muito complicado, pois em alguns momentos nem o inglês eles compreendiam, e precisava colocar no google Tradutor (usei direto kkk) para tailandês, caso contrário só mostrando foto mesmo para faze-los entender, passei algumas cenas cômicas inclusive...

Há muitos souvenires, não recomendo pagar logo de cara o que te pedem, pois muitas vezes se reduz até 1/5 do valor inicial, e recomendo levarem algumas peças para o Brasil, pois é tudo muito bonito e de bom acabamento.

Segurança total, me senti muito seguro andando até de madrugada pelas ruas com compras, telefone na mão e uma sensação extrema de segurança, sem riscos.

Existem dezenas de passeios, opções em barcos, tuk tuk (táxi local), vans, basta escolher e se programar bastante.

Recomendo uns 4 dias em Bangkok e mais uns 4 a 6 pelas ilhas, dependendo do que você for fazer é claro.

Para finalizar o que mais me marcou nesta viagem? Estar no local exato do Tsunami de 2004 onde milhares morreram e virou até filme….uma das fotos onde estou de costas com a mochila da Calabria era olhando para o restaurante onde almocei e foi um dos pontos de maior impacto das ondas.

Espero ter contribuído um pouquinho para pelo menos aguçar uma busca mais aprofundada antes de definir seu roteiro para a Tailândia . Viagem que valeu muito todo o investimento!

 

Mora em Porto Alegre - RS
Trabalha na área comercial do Turismo.
Aventureiro, ama viajar, já conhece alguns países pelo mundo e está sempre buscando novos destinos e desafios.
 


"Todos os nossos conteúdos do site Géssica Carneiro são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa dos criadores do site, mesmo citando a fonte."


Compartilhe: